domingo, 7 de fevereiro de 2016

INDOOR - Uma questão de tempo.

Toda vez que aparece um problema na minha plantação o que faço?! Isso mesmo, Google neles!!


Comecei uma pesquisa insana sobre tipos de luzes que posso utilizar dentro de uma estrutura fechada (lê-se caixa). As pessoas denominam esse tipo de cultivo como indoor. Uma das grandes ineficiências que encontrei foi que boa parte da literatura sobre tal assunto é inglês (obrigado pai google por traduzir) às vezes me parece que o Brasil até nisso está atrasado, vai entender. Dadas as circunstâncias de estados do norte e nordeste, principalmente o último, a escassez de água, clima semi-árido, eu vejo como uma excelente oportunidade para esse tipo de cultivo, mas bem, tem algo que atrapalha isso: política.


Encontrei alguns artigos científicos, porém na sua grande maioria era sobre algo muito específico, ex:

  • Utilização de sombrite no processo de desenvolvimento de hortaliças
  • Desenvolvimento de plantas durante o período de inverno em tal cidade.



Como não era isso que estava buscando resolvi procurar de outras formas e fiquei surpreso com a gama de conteúdo que existe pra quem produz indoor. Irei colocar aqui Blogs e Fóruns sobre o assunto que talvez ajude quem pretende mexer com esse tipo de coisa.


Esse Blog é excelente. Tem muito conteúdo pra quem quer se aventurar nas plantações em locais fechados e com uma linguagem simples.


Outro que mostra a técnica do cultivo indoor.


Blog.


Um artigo detalhado sobre luzes de leds, formas de fotossíntese, estrutura para as alfaces.

O interessante que praticamente todo o material encontrado é sobre a cannabis, especialmente se tratando de cultivo indoor.

Minha cara pensando em todas as possibilidades



Infelizmente não posso passar detalhadamente o quanto gastaria de energia. Pelos meus cálculos com 4 lampadas fluorescentes seriam uma base de R$ 400,00 por mês. Loucura. E com esse número não dá nem pra produzir nem 100 pés, inviável. O jeito são os leds mesmo. Fora a água, no método convencional gasta muuuuuita água.


Bem, eu quero fazer umas contas bem detalhadas e ver como que ficaria uma forma viável pra poder fazer um treco desses. Se duvidar faço um post sobre. Com gastos, tipos de luz, metragem e tudo mais.


Volta sol, preciso de você.



11 comentários:

  1. Se eu conseguir dinheiro e uma área por mais básica que seja (nem que seja do fundo da minha casa) aplicarei as dicas postadas nesse blog.

    Muito bom, agricultor!

    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Fala agricultor,

    Como você faz para escoar toda a sua produção? Vai de mercado em mercado oferecendo seus produtos e firmando contratos verbais de comprar e vender seus alfaces? E você vende para cidades vizinhas também?

    Obrigado

    Anon João pé-de-feijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí João,

      praticamente como você disse, mas na sua grande maioria eu dou meu telefone e quando eles precisam me liga.

      Vale salientar que vendo para: Restaurante e padarias. Fora alguns vizinhos.

      Ainda não tenho tantas alfaces assim pra vender pra longe, mas espero ter logo logo.

      Excluir
  3. cara, arranja um gato, não sei. pelo que li, precisa de ventilação e nutrientes extras para plantar desse jeito. É de se pensar se não seria melhor plantar algo que lhe rendesse mais dinheiro, como algumas dessas sementes gourmet (goji, macadâmia, quinoa, chia, etc)

    ResponderExcluir
  4. Ola, para a plantaçao indoor de alface qual o periodo de luz ligada e desligada? Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade a iluminação iria simular o que acontece no meio ambiente. Não precisa ficar necessariamente desligada.

      Pode-se utilizar 3 tons de luz. Onde você altera conforme o tempo vai passando.

      Excluir
  5. Ola para a plantaçao de alface, qual o periodo de luz ligada e desligada?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A alface precisa de cerca de 4 a 6 horas de luz diária.

      Excluir
  6. Parou por que?Por que parou?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tava sem ideias do que escrever e a vida ficando cada vez mais complicada, agora voltei.

      Excluir